.

.

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Presidente do IPAM vai à Câmara Municipal de Cajazeiras e revela dívida deixada pela gestão anterior de R$ 34 milhões

O presidente do Instituto de Previdência e Assistência Social - IPAM, Armando Viana Leite - foi sabatinado na noite da última terça-feira (06/06), por vereadores na Câmara Municipal de Cajazeiras, na oportunidade, o referido servidor, acompanhado da Diretora Financeira daquele órgão, a contadora Gislany Silva responderam as perguntas dos parlamentares e expuseram ao público presente via slide, um relatório administrativo das ações do IPAM.

Respondendo supostas denuncias do Vereador Antônio Moacir Leite de Menezes Filho (DEM), sobre a ausência do repasse patronal por parte da atual gestão, nos primeiros meses, ao referido instituto - o que o público presenciou na verdade foi uma verdadeira revira-volta, pois, a servidora Gislany Silva trouxe dados que deixou espantada a plateia.  

Ainda de acordo com Armando Viana, as administrações passadas não foram zelosas com o IPAM, no que diz respeito aos repasses, porém, apenas na gestão da ex-prefeita Denise Albuquerque, a mesma recebeu o instituto com (R$ 34 milhões), em débitos, somados aos (R$ 34 milhões) deixados por ela, o órgão tem saldo negativo de (R$ 77 milhões). Com os esclarecimentos do presidente, tanto os vereadores oposicionistas, como as pessoas ali presentes ficaram estarrecidas com a situação financeira do IPAM.


Na sequência, Armando assegurou que a falta dos repasses desses primeiros meses de sua gestão à frente do órgão, se deu exatamente para saldar dívidas deixadas pela gestão anterior. Todas as informações apresentadas por Viana naquela oportunidade esclareceram as dúvidas dos vereadores e demais presentes. 


Da redação
Com SECOM