quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Patoense é assassinado e outro é ferido após abordagem desastrosa da polícia no Ceará

Os amigos Wendel, Gutiele, Josean e Messias são bastante conhecidos na cidade de Patos por praticarem de forma profissional e para lazer a sinuca.
Eles estavam indo para mais um torneio de sinuca no Estado do Maranhão, mas durante a viagem, ao pararem em um posto de combustíveis na cidade de Campos Sales, Ceará, no final da tarde da terça-feira, dia (31) de julho, uma tragédia marcou os amigos que seguiam viagem em um veículo Toyota, modelo Corolla.
Os amigos pararam no posto e foram jantar. O carro ficou estacionado com os tacos que sempre são levados para as competições no banco traseiro.
Alguém teria suposto que os tacos eram armas e acionou a polícia cearense para averiguar, porém, os amigos já haviam seguido a viagem quando as guarnições chegaram.
De acordo com relatos de um dos ocupantes do veículo, a polícia nem abordou o carro e já chegou atirando. O carro ficou cheio de marcas dos tiros da polícia. Messias sofreu um tiro na cabeça e morreu ainda no local. Outro amigo também recebeu um tiro de raspão na cabeça.
Os demais ocupantes pularam fora e começaram a gritar que eram pais de família e parrassem de atirar.
Quando a polícia percebeu o erro, a tragédia já estava feita. O fato gerou revolta na cidade de Patos, pois os amigos são queridos, campeões de sinuca e sempre participam de competições juntos.
O corpo de Messias está no Ceará e os familiares aguardam a liberação para ser transladado para Patos.

Foto: WhatsApp
Com informações de Patos On Line