terça-feira, 21 de setembro de 2021

Hospital Universitário Dr. Júlio Bandeira realiza campanha sobre prevenção ao suicídio

Fala é a melhor solução

Você sabia? Neste mês de setembro é realizada a campanha sobre a prevenção ao suicídio

A psicóloga Gabriella Santos esclarece dúvidas relacionadas a saúde mental

QUAL A IMPORTÂNCIA DO SETEMBRO AMARELO?

A campanha do Setembro Amarelo foi criada no Brasil em 2015, em consonância com a data mundial da Prevenção do Suicídio (10 de Setembro), com objetivo de conscientizar sobre a importância da prevenção do suicídio e dar visibilidade ao tema no país.

A possibilidade de encerrar a própria vida é uma questão que atravessa a história do ser humano desde suas origens. A mitologia, a literatura, a religião, a filosofia, as ciências da saúde e as sociais discutiram e discutem a morte voluntária, suas motivações e seus impactos. Portanto, não devemos buscar uma explicação fácil e simplista para um fenômeno tão complexo. E é diante de tal complexidade que a campanha do Setembro Amarelo se mostra extremamente pertinente.

Discutir é uma forma de prevenção. Falar abertamente e de forma responsável sobre o suicídio é criar espaços de diálogo e construção de saber para o enfrentamento do problema.

COMO OS PROFISSIONAIS DE SAÚDE PODEM ATUAR DIANTE DA QUESTÃO DO SUICÍDIO?

O suicídio como questão de saúde pública deve ser considerado a partir de dimensões biopsíquicas, históricas, sócio-ambientais, culturais e econômicas. Fatores como faixa etária, diferenças por sexo e gênero, condição social, diagnóstico prévio ou não de transtorno mental, devem ser considerados na prevenção da ideação/planejamento/efetivação da morte voluntária.

O suicidologista Edwuin Shneidman, numa leitura psicodinâmica do suicídio, aponta como principal fator de um ato suicida a vivência de um sofrimento/dor psicológica sentida como intolerável. O autor afirma que se faz necessário então, favorecer alternativas para que a pessoa consiga lidar com essa dor, torná-la mais tolerável, ampliar a capacidade de lidar com as frustrações e diminuir a pressão e a tensão causadas por eventos estressores envolvidos nesse processo.

Dessa forma, algumas estratégias e ferramentas de cuidado, em consonância com os princípios e diretrizes do SUS, se fazem oportunos nesse contexto, tais como: a intervenção em crise, avaliação de riscos, notificação compulsória de violência autoprovocada, grupos de apoio, o desenvolvimento de projetos terapêuticos singulares, o acolhimento, o fortalecimento de vínculos, o trabalho em rede, a corresponsabilização e a continuidade do cuidado, entre outros. O manejo dos casos de transtornos mentais (depressão, alcoolismo, esquizofrenia, transtornos de personalidade, etc) necessitam de atenção especializada. Para tanto, é necessário que os profissionais estejam respaldados por políticas públicas que garantam a capacitação humana, a manutenção e a qualidade dos serviços de saúde, da atenção básica à especializada.

Ademais, vale destacar que a prevenção do suicídio deve ser realizada diariamente no âmbito familiar, nas escolas com programas psicoeducativos, na comunidade, nos serviços do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), entre outros espaços. A manutenção da vida é responsabilidade de todos. O sofrimento faz parte da vivência humana. Desejar o fim da dor do existir não é o mesmo que desejar o fim da vida. Sejamos acolhedores, empáticos e responsáveis conosco e com os outros.

ALÉM DO ACOMPANHAMENTO PSICOLÓGICO PROFISSIONAL HÁ OUTRAS FORMAS DE TRATAR O SOFRIMENTO PSÍQUICO E PREVENIR O SUICÍDIO?

Podemos pensar nas várias formas de amenizar as durezas da vida, como:

-    A efetivação das políticas públicas que garantam às pessoas os direitos sociais básicos (educação, alimentação, trabalho, segurança, moradia, saúde, entre outros);

O exercício diário do acolhimento, do respeito e da tolerância nas nossas relações interpessoais na família, no trabalho, na comunidade;

A criação de ambiente e dispositivos que favoreçam, de forma responsável, a comunicação, a representação e o compartilhamento de sentimentos;

A promoção da qualidade de vida por meio da arte, da música, da dança, da leitura, dos esportes e terapia corporais, entre tantos outros artifícios.

COMO TRATAR A QUESTÃO DA SAÚDE MENTAL NO ATUAL CONTEXTO DA PANDEMIA?

As experiências vividas relacionadas à infecção pelo vírus da Covid-19 ou à morte de pessoas próximas, à mudança na rotina doméstica, no trabalho (principalmente na sobrecarga dos profissionais de saúde), nas relações afetivas em decorrência das medidas de distanciamento e isolamento social, bem como as consequências econômicas durante a pandemia, podem elevar o risco de desenvolver ou agravar transtornos mentais já existentes.

O distanciamento social alterou os padrões de comportamento da sociedade, inviabilizando o contato próximo entre as pessoas, algo tão importante para a saúde mental. Na mesma cena, o convívio prolongado dentro de casa pode favorecer desajustes na dinâmica familiar e aumento dos casos de violência doméstica, principalmente contra crianças, idosos e mulheres. A morte de entes queridos em um curto espaço de tempo no contexto da pandemia tem dificultado a realização da ritualização coletiva e elaboração do luto, impedindo o processo adequado de ressignificação das perdas, fragilizando a saúde mental das pessoas.

A irritabilidade, a angústia, a tristeza, os sentimentos de desamparo, tédio e solidão decorrentes desse contexto, somadas às questões de violência e dificuldades financeiras, associadas a transtornos mentais preexistentes, tornam-se fatores importantes que podem aumentar o risco de uma pessoa decidir tirar a própria vida. Estudos mostram um alto índice de suicídios cometidos na própria casa. Dessa forma, em muitos casos a morte voluntária, como ato impulsivo, pode ser evitada se os meios para a efetivar não estiverem à mão (restrição de acesso a armas de fogo, medicações, pesticidas, entre outros).

Ademais, diante da sucessão de acontecimentos impostos pela pandemia, da sensação de desamparo e isolamento, a experiência de compartilhamento é uma proteção. Manter a rede socioafetiva, estabelecendo contato com pessoas queridas, mesmo que de forma virtual, se mostra como um fator de suporte emocional nos dias atuais.

A autora Hannah Arendt tem uma frase que diz que “Toda dor pode ser suportada se sobre ela puder ser contada uma história”. Nesse sentido, além da garantia do acesso aos serviços de saúde mental, com assistência especializada, há outro recurso importante que soma nas estratégias de cuidado mental e prevenção ao suicídio, o Centro de Valorização da Vida. O CVV trabalha para oferecer suporte emocional às pessoas em situação de crise emocional, se configurando como instrumento na prevenção do suicídio. Voluntários ficam à disposição 24 horas por dia para oferecer atendimento pelo telefone 188 ou pelo chat online no site. O atendimento é gratuito e anônimo, resguardando o sigilo.

Falar é a melhor solução, dar voz ao sujeito que sofre, para que ele possa elaborar seu sofrimento, e encontrar alternativas para viver.

QUAIS SÃO OS ATENDIMENTOS PSICOLÓGICOS REALIZADOS NO HUJB-UFCG/EBSERH ATUALMENTE?

A Psicologia Hospitalar como especificidade da Psicologia da Saúde tem como objetivo geral acolher, ofertar suporte emocional e tratar de sujeitos de todas as faixas etárias, bem como suas famílias, em sofrimento decorrente de suas patologias, internações e tratamentos. No HUJB o setor de Psicologia presta assistência psicológica aos internos no pronto-atendimento, nas enfermarias (acompanhamento clínico e cirúrgico) e no ambulatório.

O Ambulatório de Psicologia Hospitalar do HUJB visa atender demandas específicas a fim de ofertar à população acompanhamento psicológico no que se refere ao processo de adoecimento físico e à sua prevenção. São atendidas crianças (maiores de seis anos), adolescentes e adultos acometidos por sofrimento psicológico decorrente de quadros agudos ou crônicos de doenças físicas. O agendamento de consultas ambulatoriais é de competência exclusiva da Central de Marcação de Exames e Consultas de Cajazeiras.

Gabriella Pereira Leite dos Santos (Psicóloga Hospitalar)

Sobre a Ebserh - O HUJB-UFCG faz parte da Rede Ebserh/MEC desde dezembro de 2015. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 Hospitais Universitários Federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

 

Vinculados às Universidades Federais, essas unidades hospitalares têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, os Hospitais Universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Hospitalar Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.


Assessoria 


Novo decreto: Prefeitura de Cajazeiras libera funcionamento do ensino fundamental completo na rede privada

Em novo decreto assinado pelo prefeito José Aldemir, e publicado nesta terça-feira (21), a Prefeitura de Cajazeiras prorrogou medidas restritivas de enfrentamento à Covid-19 e flexibilizou outras, de acordo com dados epidemiológicos apresentados e analisados pelo Comitê Gestor, que monitora a pandemia no município.

Entre as flexibilizações, a Prefeitura liberou o funcionamento também em sistema presencial do Ensino Fundamental (Anos Finais), na rede privada, obedecendo ao protocolo sanitário. Até então, só estavam autorizados o Infantil e os Anos Iniciais do Fundamental.

O novo decreto que começa a vigorar nesta terça-feira (21), também liberou apresentações musicais em bares e restaurantes para somente artistas comprovadamente de Cajazeiras, seguindo protocolo sanitário e mantendo-se a proibição de festas dançantes.


Decreto Nº 071 - Publicado no Diário Oficial


Assessoria de Imprensa

Rodas de Conversas marcarão comemoração dos três anos de atividades do Hospital do Bem de Patos

O Hospital do Bem, que integra o Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC), e funciona como unidade oncológica completa, neste mês de setembro, três anos de serviços prestados à população sertaneja paraibana. E para marcar a data, algumas ações estão sendo realizadas ao longo deste mês, entre as quais destaca-se a RODA DE CONVERSA, um momento de troca de conhecimento multiprofissional de assuntos ligados ao universo oncológico. Todos os profissionais que conduzirão as conversas integram a equipe do Hospital do Bem. Os cinco momentos vão focar temas sobre Medicina, Enfermagem, Farmácia, Psicologia e Nutrição, todos com foco no atendimento e necessidades do paciente oncológico.

As cinco Rodas de Conversa acontecerão nos dias 22, 23, 27, 28 e 29 de setembro, sempre às 16h, de forma híbrida (presencial e online). Na forma presencial serão oferecidas 15 vagas para respeitar as normas de segurança exigidas na pandemia e acontecerá na sala administrativa do Hospital do Bem, situada à Rua Horácio Nóbrega, S/N, Bairro Bela Vista. O acesso à forma remota será através de plataforma de reuniões virtuais e todos os inscritos receberão o link por e-mail e pelo seu contato de whatsapp. Para garantir a vaga, basta acessar o https://doity.com.br/hospitaldobem3anos. Será distribuído material didático para todos os participantes e certificados.

Programação

No dia 22, a Roda de Conversa será sobre ‘Avaliação psicológica ao paciente oncológico’, com a Psicóloga, Priscilla Guedes. No dia 23, o enfermeiro oncológico, Fernando Régis vai abordar ‘Enfermagem oncológica e manuseio de cateter totalmente implantável’. A Roda de Conversa segue no dia 27, com o Nutricionista, Thiago Viana, que vai falar sobre ‘Terapia nutricional no paciente oncológico’. No dia 28, o tema será ‘Aspectos gerais sobre atuação do farmacêutico hospitalar na oncologia’, com o farmacêutico oncológico, Kaltz Victor e encerrando o ciclo de conversas, a oncologista e responsável pelo ambulatório do Hospital do Bem, Nayarah Xavier vai falar sobre ‘Abordagem da Medicina em cuidados paliativos na oncologia’.


Assessoria de Imprensa

Club Hojetem é lançado em João Pessoa; aplicativo dará 50% de desconto em restaurantes e outros segmentos

App oferece descontos de 50% em vários estabelecimentos comerciais, além de informações gratuitas sobre gastronomia, entretenimento, praias e passeios no litoral paraibano

Será lançado oficialmente nesta quarta-feira, 22, o aplicativo Club Hoje Tem, que oferece descontos de 50% em vários estabelecimentos comerciais de João Pessoa, proporcionando experiência de consumo e muita informação sobre a Capital paraibana, movimentando a economia e incentivando o turismo local.

Pioneiro na cidade, o aplicativo disponibiliza, de forma gratuita, informações sobre gastronomia, entretenimento, praias e passeios pelo litoral paraibano. O objetivo é tornar o App um serviço de utilidade pública de João Pessoa, reunindo várias dicas em um único lugar.

O Club Hoje Tem também oferece mais de 200 cupons de descontos de 50%, promoções e benefícios exclusivos para assinantes nos melhores estabelecimentos comerciais da cidade, como restaurantes, salões de beleza, lojas de roupa, academias, estúdios de tatuagem e serviços em geral. Para ter acesso a esta funcionalidade, o usuário precisa fazer a assinatura do app. O valor mensal de R$29,90 está com preço promocional de R$ 9,90 por tempo limitado de lançamento.

Os estabelecimentos foram escolhidos para que o usuário tenha uma melhor experiência de compras, com uma curadoria especial do empresário Gabriel Hardman, idealizador do projeto, que conta com vasta experiência do mercado de entretenimento e gastronomia em João Pessoa.

“Escolhemos os melhores empreendimentos da cidade para oferecer as melhores experiências aos usuários e movimentar a economia da cidade, beneficiando os empresários e estabelecimentos e os clientes que terão descontos e vantagens especiais para conhecer novos lugares”, comenta.

O aplicativo já pode ser baixado de forma gratuita e está disponível para celulares Android e iPhone (iOS) no link https://clubhojetem.com.br/download/,

Mesmo antes do lançamento, o App já foi o 19° mais baixado no Brasil na área Entretenimento, nesta segunda-feira, 20.


Assessoria

Construir a Paz Global

A crescente violência urbana, a irresponsabilidade no trânsito, que segue multiplicando vítimas, as relações fragilizadas entre determinados países, a fome em muitas partes do planeta, enfim, esses e outros fatores indicam que se deve repensar atitudes e providências na construção cotidiana da paz global.

Na nova edição do meu livro Jesus e a Cidadania do Espírito (2019), comento que, em certos casos, o fim da guerra fria em pouco ou nada arrefeceu rancores e ódios humanos, sociais, políticos, econômicos, religiosos. O 32o presidente dos Estados Unidos, Franklin Delano Roosevelt (1882-1945), em 5 de setembro de 1939, após a lamentável irrupção da Segunda Guerra Mundial — que ocorreu em 1o de setembro, com a invasão da Polônia pelas tropas alemãs de Adolf Hitler (1889-1945) —, dirigiu-se ao povo norte-americano em discurso transmitido pelo rádio, destacando: “Quando a paz é quebrada em qualquer lugar, a paz de todos os países de todos os lugares é ameaçada”.

Conforme escrevi em Reflexões e Pensamentos — Dialética da Boa Vontade (1987) e também na Folha de S.Paulo, em 11 de dezembro de 1988, o combate à violência no mundo começa na luta contra a indiferença à sorte do vizinho. Não sou pessimista, acredito no futuro. Mas ainda há insegurança e crueldade por toda a parte.

Maiores predadores

Fala-se em Paz. Contudo, mensagem de expressivo sentido encontra-se na Primeira Epístola do Apóstolo Paulo aos Tessalonicenses, 5:3: “Quando andarem dizendo: ‘Paz, segurança!’, eis que lhes sobrevirá repentina destruição, como vem a dor do parto àquela que está para dar à luz; e de nenhum modo escaparão”.

Não estejamos nós contribuindo para a concretização desse quadro, incluído o fato de que pela nossa ação diária somos os maiores predadores do nosso lar coletivo, a Terra, e nisso se concentra o pior perigo. Temos de interromper o emporcalhamento (Isaías, 24:1, 5 e 6) do que nos cerca e, por consequência, parar de destruir vidas. Uma sugestão aos que não têm medo de pensar: leiam, por favor, os fraternos alertamentos do Evangelho e do Apocalipse do Cristo Ecumênico, o Divino Estadista, sobre a transição dos tempos, até mesmo “a Grande Tribulação, como nunca houve, desde a fundação do mundo, nem jamais se repetirá”, de acordo com a Sua advertência no Evangelho, segundo Mateus, 24:3 a 28; Marcos, 13:3 a 23; e Lucas, 21:7 a 24.

Amor e repreensão

As anomalias climáticas são justamente grave anúncio sobre a realidade das admoestações do Professor Celeste no Novo Testamento da Bíblia Santa. (...) Ora, quem adverte ama. Razão por que Jesus, na Carta à Igreja em Laodiceia, declara: “Aqueles a quem amo, repreendo e castigo” (Apocalipse, 3:19).

Diante disso, o Livro das Profecias Finais pode ser entendido como carinhosa e preocupada admoestação, por conseguinte, um recado do Amor de Deus às Suas criaturas. Perseveremos nos sublimes ensinamentos do Pai Celestial, os quais nos fortalecem para enfrentar com bravura tempos de grande provação, fundamentando nossas esperanças no Divino Criador, que nunca nos abandona. Lembremos sempre a assertiva do saudoso fundador da Legião da Boa Vontade, Alziro Zarur (1914-1979): “Não há segurança fora de Deus”.


José de Paiva Netto ― Jornalista, radialista e escritor.

paivanetto@lbv.org.br — www.boavontade.com

segunda-feira, 20 de setembro de 2021

Suspensa lei do município de Cajazeiras que proíbe negativação de consumidores

Suspensa a Lei nº 2.727/2018, do município de Cajazeiras, que dispõe sobre a vedação da inscrição nos cadastros de restrição de crédito (SPC e SERASA) do nome dos consumidores que não estão em dia com o pagamento das contas de água e energia elétrica. A decisão foi tomada durante sessão virtual do Pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba nos autos da Ação Direta de Inconstitucionalidade nº 0810792-25.2019.8.15.0000, proposta pelo governador do Estado.

A alegação da parte autora é que a competência para legislar sobre águas e energia é privativa da União, conforme prevê o artigo 22, IV, da Constituição Federal, bem como que o município de Cajazeiras extrapolou a sua competência municipal prevista nos artigos 11, I, II e V e artigo 179 da Constituição do Estado da Paraíba. Sustenta, ainda, que a mencionada lei inova, no âmbito do Estado da Paraíba, o Código de Defesa do Consumidor, ao proibir a anotação nos cadastros de inadimplência de consumidores em débito nas contas de água e energia, usurpando a competência legislativa primária da União, para editar norma geral sobre direito do consumidor, bem como a competência concorrente do Estado, em mais uma aberta afronta ao artigo 7° da Constituição do Estado da Paraíba, norma de reprodução do artigo 24, V da Constituição Federal.

O relator do processo, Desembargador José Ricardo Porto, concedeu medida cautelar a fim de suspender os efeitos da Lei, por entender que a norma questionada invade a seara exclusiva da União para legislar acerca de direito Civil e extrapola os limites da competência municipal para suplementar a legislação federal e estadual, considerando que a competência concorrente com a União para edição de normas consumeristas é apenas do Estado e não do Município.


Assessoria de Imprensa/TJPB

Semana da Segurança do Paciente é realizada no HUJB-UFCG/Ebserh

O evento teve ações nos setores do hospital, palestras online, quiz e entrega de brindes

O Dia Mundial da Segurança do Paciente é celebrado em 17 de setembro e, para reforçar a importância da data, durante a semana de 13 a 17/09, ocorreram diversas ações de conscientização no Hospital Universitário Júlio Bandeira de Mello da Universidade Federal de Campina Grande em Cajazeiras, no sertão da Paraíba.

Nesse período, membros do Núcleo de Segurança do Paciente e do Setor de Vigilância em Saúde e Segurança do Paciente visitaram os setores da unidade hospitalar para falar sobre a importância do parto seguro com os colaboradores, incluindo a importância do pré-natal e os cuidados durante e após a gestação de forma segura e respeitosa.

Além disso, houve a sala de espera com as gestantes do pré-natal de alto risco com a fisioterapeuta da região pélvica,  Marina Costa, a psicóloga e doula, Lorena Cardoso, ambas colaboradoras do HUJB-UFCG/Ebserh; o "Webinar" com palestras sobre pré-natal de alto risco, parto e pós-parto seguro através do canal do YouTube do hospital e finalizou-se o evento com quiz e entrega de brindes aos colaboradores na sexta-feira à tarde.

Segundo a Chefe do Setor de Vigilância em Saúde e Segurança do Paciente,  Andressa Pereira Pedrosa, "Durante a Semana da Segurança do Paciente, foram abordados também protocolos de segurança do paciente implantados no hospital, como por exemplo o protocolo de identificação do paciente, protocolo de lesão por pressão, protocolo de higienização das mãos e o protocolo de quedas".

Sobre a Ebserh - O HUJB-UFCG faz parte da Rede Ebserh/MEC desde dezembro de 2015. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 Hospitais Universitários Federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Vinculados às Universidades Federais, essas unidades hospitalares têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, os Hospitais Universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Hospitalar Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

Elthon Ribeiro- jornalista do HUJB-UFCG/Ebserh

Deputada estadual Dra. Jane pleiteia Programa Tá na Mesa para Santa Rita

A deputada estadual Dra. Jane (Progressistas) reuniu-se na manhã da última sexta-feira (16) com o secretário do Desenvolvimento Humano do Estado da Paraíba (SEDH), Tibério Limeira, na sede da secretaria, em João Pessoa. O objetivo foi pleitear adesão ao programa Tá na Mesa para o município de Santa Rita.

Por já possuir um restaurante popular no bairro de Tibiri II, mantido pelo governo do Estado, Santa Rita não se enquadraria nos critérios para receber o programa Tá na Mesa. No entanto, a deputada Dra. Jane, em nome do prefeito Dr. Emerson Panta, em ato pioneiro, propôs ao secretário do Desenvolvimento Humano o compartilhamento de despesas entre o município e Estado para a implantação do programa no município. “Santa Rita é um município enorme e, diante disso, a oferta de mais um restaurante popular é de extrema importância para nosso povo. Nossa ideia é contemplar Várzea Nova com essa unidade e fortalecer ainda mais os programas sociais de combate à insegurança alimentar em nossa cidade”, destacou a parlamentar.   


A deputada Dra. Jane afirmou ainda que a parceria está bem adiantada. “O saldo da reunião foi bem positiva. A parceria já está bem fortalecida e encaminhada para possibilitar a instalação de uma unidade do programa Tá na Mesa. Agradeço ao secretário Tibério Limeira pela parceria e desejo que em breve possamos anunciar a vinda do programa a Santa Rita”, finalizou. 

 

Na sessão da Assembleia Legislativa da Paraíba do último dia 14, a deputada e os demais pares da casa aprovaram o Projeto de Lei do Executivo que tornou o “Tá na Mesa” um programa permanente de oferta de refeições a preços populares. 



Assessoria de Imprensa 

Vidas passadas e experiências de quase-morte: o que a ciência tem a dizer?

Em mais um grande evento, o Fórum Mundial Espírito e Ciência, da LBV, vai colocar lado a lado oito renomados representantes da Ciência e da Fé para dialogarem sobre assuntos instigantes que impactam na vida, bem-estar e desenvolvimento espiritual e humano. Em 2021, devido à pandemia da COVID-19, o evento será novamente online e gratuito, nos dias 19 e 20 de outubro, às 19h30, pelo YouTube, e com transmissão em português, inglês, espanhol e libras.

Em torno do tema “Vida e morte em diálogo”, proposto pelo próprio público das edições anteriores, serão abordados, entre outras questões, os estudos sobre relatos de vidas passadas e as EQMs —experiências de quase morte.

Um dos mais importantes investigadores do tema, que estuda o relato de crianças que descrevem possíveis memórias de reencarnações anteriores, o dr. Jim Tucker, diretor médico da Clínica de Psiquiatria Infantil e Familiar e professor associado de Psiquiatria e Ciências Neurocomportamentais da Universidade de Virginia, trará os resultados de suas pesquisas. Ele é hoje o mais reconhecido nome da área, dando continuidade aos estudos pioneiros do dr. Ian Stevenson (1918-2007), que documentou na Ásia milhares de casos de crianças com relatos de lembranças de suas vidas passadas e o respectivo rastreamento de suas supostas reencarnações anteriores.

Do Brasil, a psicóloga Sandra Maciel de Carvalho falará sobre os seus achados dentro da mesma área de investigação, com foco no público brasileiro. Ela destaca que “algumas crianças demonstram comportamento fóbicos ou transtorno de estresse pós-traumático que sugerem uma associação como essas memórias, especialmente pelo modo de morte que elas teriam tido. Algumas crianças não conseguem diferenciar muito sobre o que seria essa suposta vida passada e a vida atual. Então elas falam como se fosse uma situação presente, às vezes, com um certo distanciamento, porque isso parece natural para elas, falar sobre isso, e algumas já trazem um envolvimento emocional mais forte, dependendo, especialmente, do modo de morte que elas teriam tido”, comentou a pesquisadora.

Teremos ainda a participação do cientista mundialmente conhecido como o primeiro a usar a expressão “experiência de quase-morte” (EQM), o professor Raymond Moody, que pesquisa esses casos desde a década de 1970, envolvendo relatos de centenas de pessoas que vivenciaram experiências ao se deparar momentaneamente com a morte, mas voltaram para contar o que viram. Ele explicou, em entrevista exclusiva: “Experiência de quase-morte (EQM) é uma forma de consciência transcendental ou um estado alterado de consciência que acomete as pessoas quando elas se encontram em um estado fisiológico extremo: o coração pode parar e a respiração também, mas mesmo assim, do ponto de vista delas, elas entram num estado muito profundo de consciência transcendental. E é isso que chamamos de experiência de quase-morte”.

Participe! 

Você tem a opção de adquirir certificado de participação!

Inscreva-se gratuitamente: forumespiritoeciencia.org/inscricao

A edição 2021 do Fórum Mundial Espírito e Ciência, da LBV, é uma ação digital sem fins lucrativos, que faz parte das celebrações dos 32 anos do Templo da Boa Vontade e dos 71 anos da Legião da Boa Vontade.

 

Assessoria de Imprensa

Sicredi apresenta proposta de crédito rural para fornecedores de cana

Taxas acessíveis e sem burocracia. Esse é o desejo de todo e qualquer produtor que quer investir no campo. Para isso, fornecedores de cana ligados à Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan) reuniram-se na manhã da última sexta-feira (17), no auditório da entidade, para conhecer as propostas da Sicredi Evolução. Entre as modalidades que variam entre crédito comercial, consórcio, cartões, seguros de crédito, destacou-se a de CPR- Cédula de Produto Rural, que é um título que pode ser emitido por produtores rurais e por cooperativas de produção. 

O crédito rural do Sicredi, segundo os  gerentes Tomás Pontin e Claudemir Ferreira, tem opções para custeio e aquisição de insumos para fornecedores e cooperativas. “Essa é uma excelente oportunidade de crédito para o fornecedor da Paraíba. É muito atrativa. Inclusive já foram liberadas propostas para duas unidades industriais aqui”, destacou Claudemir Ferreira, acrescentando que a carta-fiança é uma das opções sem burocracia da instituição e que duas usinas que possuem propostas liberadas e através dela os fornecedores também poderão avançar.

Na ocasião, o presidente da Asplan, José Inácio de Morais, frisou que as melhores taxas para o agronegócio os produtores tem encontrado no Banco do Nordeste, porém, a instituição tem elevada burocracia, o que limita muito o acesso aos recursos. “É a grande menina dos olhos do produtor, só que é uma instituição engessada em sua burocracia e isso só vai mudar quando existir uma política pública em Brasília destinada a alavancar a produção no país. Então, precisamos de parceiros de verdade para que possamos ser sócios, já que temos cooperativas já de sucesso em nossa região”, comentou o dirigente.

Asplan e o Sicredi já possuem parceria de mais de cinco anos. Agora é tentar firmar parcerias no âmbito da cooperativa da Asplan, a Coasplan, ou seja, de cooperativa para cooperativa. “O sentido é sermos sócios da cooperativa”, arrematou o presidente da Asplan, apostando que venha pela frente mais modelos interessantes de solução em crédito para o fornecedor através da Coasplan e do Sicredi.


Assessoria de Imprensa 

Justiça Federal na Paraíba realizará 1º júri popular deste ano, na próxima quarta-feira (22)

Será julgado um policial rodoviário federal, acusado de um homicídio ocorrido em uma ação da PRF

A Justiça Federal na Paraíba (JFPB) realizará, na próxima quarta-feira (22), no edifício-sede, em João Pessoa, o 1º júri popular deste ano. A juíza federal Cristiane Mendonça Lage, da 16ª Vara Federal, presidirá o julgamento que terá como réu um policial rodoviário federal, acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) por crime de homicídio. Os eventos se deram durante uma abordagem da Polícia Rodoviária Federal, em 2006, quando a vítima, suspeita de ser dono de carga de combustível sem documentação fiscal, não teria atendido à ordem de parada e tentado desviar da barreira policial.

O Júri

O Tribunal do Júri, marcado para a próxima quarta-feira (22), poderá ser acompanhado pelo público e pela imprensa através do canal do Youtube da JFPB. Para a realização do julgamento, todas as medidas de biossegurança, recomendadas pelos órgãos de saúde por causa da pandemia da covid-19, serão tomadas.

 

Processo nº:  0007629-77.2006.4.05.8200



Seção de Comunicação Social

Justiça Federal na Paraíba - JFPB

Petistas paraibanos destacam defesa do Senador Veneziano em prol da democracia e do legado de Lula

O senador paraibano Veneziano Vital do Rêgo, Vice-presidente do Senado Federa e presidente estadual do MDB paraibano, recebeu nesta segunda-feira (20), na sede do partido em João Pessoa, diversos integrantes do Partido dos Trabalhadores na Paraíba. Na oportunidade segundo Veneziano foi discutido sobre a conjuntura nacional, realidade atual do Brasil e a necessidade da defesa permanente da Democracia em nosso país. Os petistas presentes fizeram questão de destacar a defesa de Veneziano em prol da democracia e do legado do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva.

Participaram do encontro com Veneziano o deputado federal Frei Anastácio e o deputado estadual Anísio Maia, e o pré-candidato a senador, Charliton Machado e os dirigentes petistas Edvan Silva, Arimatéia França, Nino Vilar, Giucelia Figueiredo e Gabriel Maia. Na pauta, segundo Frei Anastácio, foi debatido sobre a formação de uma frente ampla na construção do palanque pro Lula 2022. Veja o post do deputado federal: https://www.instagram.com/p/CUDERLpLClJ/?utm_medium=copy_link

“Importante reunião com o senador Veneziano, o pré-candidato ao Senado pelo PT Charliton Machado, Dep. Federal Frei Anastácio (PT), Secretário Geral do PT Arimatéia França; Giucélia Figueiredo e Edivan Silva. O Senador tem se posicionado de forma muito firme pela proteção da democracia. Nós discutimos as iniciativas e estratégias para ampliarmos esse movimento de defesa na Paraíba de forma unificada”, disse Anísio Maia. https://www.instagram.com/p/CUDMOuRLOeq/?utm_medium=copy_link

Segundo o senador, foi um alegria receber nesta segunda-feira, no Diretório Estadual do MDB, os amigos integrantes do Partido dos Trabalhadores na Paraíba. “Oportunidade em que discutimos sobre conjuntura nacional, realidade atual do Brasil e a necessidade da defesa permanente da Democracia em nosso país”, comentou Veneziano por meio das suas redes sociais. https://www.instagram.com/p/CUDLsJElIyf/?utm_medium=copy_link

 


Da Redação